CRYING IN PUBLIC

Chairlift foi e ainda é uma das bandas favoritas, acabei descobrindo a banda por uma casualidade, assistindo uma entrevista da Florence Welch, vocalista do Florence and the Machine, acabei descobrindo a banda que na época se descrevia como trilha sonora de casas abandonadas.

A banda de synthpop se iniciou em 2005 como um trio, e até chegou a ensaiar uma entrada no mainstream da música quando uma de suas músicas, Bruises, foi usada em um dos comerciais para o Ipod Nano.

De lá pra cá foram ao todo três albuns que chegaram a garantir um sucesso relativo pra banda, tanto que eles chegaram a trabalhar na produção e composição de grandes nomes como Beyoncé.

No meio de 2016 eles lançaram seu último album, Moth, com uma sonoridade mais comercial e exagerada a banda voltou com batidas e vocais fortes, o disco também acompanhou um documentário que mostrava como o disco foi feito. Pouco mais de um ano depois a decidiu encerrar sua parceria. Caroline, a vocalista segue seu projeto paralelo Ramosa Lisa, e Patrick segue trabalhando com produção musical, mas certamente a sonoridade moderna e criativa do duo deixara saudades.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s